O plano energético deve determinar um conjunto de parâmetros energéticos bem como  facultar informações relevantes. Estes são os nove objectivos do Plano Energético que a JesusFerreira Consultores – energyconsulting propõe.

  1. Estabelecer possíveis cenários de procura de energia útil, desagregados por utilizações finais;
  2. Estabelecer possíveis cenários de procura de energia final, desagregados por formas de energia;
  3. Elaborar um inventário preliminar das formas de energia final potencialmente utilizáveis, tendo em consideração as tecnologias convencionais e as tecnologias alternativas;
  4. Desenvolver a matriz energética para o empreendimento em função de uma visão de optimização energética e do aproveitamento dos recursos endógenos;
  5. Avaliar previamente os parâmetros que permitam vir a determinar a viabilidade técnico-económica de sistemas centralizados de produção de energia térmica ou de produção de energia elétrica e de energia térmica, tendo em consideração o aproveitamento de fontes de energia endógenas, como é o caso dos biocombustíveis, resíduos sólidos urbanos ou efluentes das águas residuais;
  6. Avaliar previamente os parâmetros que permitam vir a determinar as vantagens na utilização de tecnologias solares activas, como sejam o solar térmico de baixa temperatura e o solar fotovoltaico;
  7. Estabelecer exigências de utilização racional e eficiente da energia para todos os equipamentos a construir na área geográfica do empreendimento.
  8. Estabelecer as regras para a atribuição de um certificado energético, para todos os equipamentos a construir na área geográfica do empreendimento;
  9. Propor a criação de um Gabinete interno que terá como função o acompanhamento, e parecer prévio ao licenciamento, dos projetos a implementar, de forma a garantir que são integradas e cumpridas todas as exigências estabelecidas e regulamentadas.

Saiba mais: